NFCom: desafios e oportunidades no mercado de telecom

Um dos desafios do mercado de telecomunicações em 2023 será a implementação da NFCom – Nota Fiscal Fatura de Serviço de Comunicação Eletrônica. Esse novo modelo de faturamento de serviço do setor, obrigatório a partir de julho de 2024, vai impactar na mudança de 330 milhões de contratos de telefonia móvel, banda larga fixa, telefonia fixa e TV por assinatura, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Nesse artigo, você esclarece os desafios desta mudança e as oportunidades que essa nova exigência pode trazer ao mercado de telecom.

NFCom: o que é e como funciona?

A NFCom é o novo modelo de nota fiscal, totalmente digital, emitido pela prestação de serviços de comunicação e telecomunicação no Brasil. Esse documento tem o objetivo de centralizar e registrar informações relacionadas à prestação de serviço e identificar o pagamento de tributos (ICMS) à administração estadual. 

A Nota Fiscal Fatura de Serviço de Comunicação Eletrônica (NFCom) substituirá entre o período de outubro de 2022 e julho de 2024 os outros modelos em vigência. Com essa mudança, o governo pretende digitalizar esse processo, uniformizar as emissões de faturas e acompanhar em tempo real as vendas das operadoras de telecomunicações.

Quais as principais diferenças?

Entre as principais diferenças da NFCom para suas antecessoras é sua autorização pelo Fisco. Essa mudança vai gerar redução de custos para as operadoras, visto que a  validação de dados evita riscos de correção de tributos e autuação do Fisco. Além disso, o modelo NFCom conta com integração online e um layout padrão que utiliza um subconjunto de assinatura XML, adequado ao ambiente virtual.

Quais os desafios de implementação da NFCom?

O mercado de telecom tem como característica recorrente a aquisição e unificação de empresas ao longo dos anos. Nesse sentido, ao realizar essas mudanças de padronização para implementar a NFCom, podem encontrar obstáculos na realização de cadastros. Isso porque, possuem bancos de dados derivados de diferentes sistemas e muitas vezes com tecnologias desatualizadas que podem não atender aos requisitos de adesão do modelo NFCom.

Uma das maneiras de lidar com esse desafio é estabelecer uma camada de parametrização. Com isso, criar regras e coletar dados em tempo real por meio de um processo chamado Integration as a Service (IaaS). Assim, é possível ter um documento eletrônico que reflete as informações contidas nos sistemas de faturamento sem a necessidade de integrar suas funções.

Quais as oportunidades entre NFCom e transformação digital?

Novas tecnologias têm impulsionado o mercado corporativo a passar por transformações de processos e modelos de negócios. A era digital traz para o setor de telecom novas redes, como o 5G e também novos métodos de registro como a NFCom.  As companhias, por sua vez, precisam adaptar e integrar sua estrutura ao ambiente digital para conquistar público e manter a evolução dos negócios. 

Nesse sentido, a adequação dos processos internos para a chegada da NFCom se torna uma oportunidade para as empresas avançarem na transformação digital dos negócios, através da automatização de processos, da centralização da base de dados e da consequente redução de custos que o ambiente virtual oferece. Entretanto, a realização desses desafios não são tarefas simples, por isso, o ideal é encontrar parcerias estratégicas para concretizar essas mudanças. 

A Objective atua com profissionais referências no mercado e com soluções que podem proporcionar velocidade e desempenho para sua empresa. Converse com nossos especialistas e conheça nossa solução robusta, escalável e customizada de CRM & Billing!

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.