O que é uma ONU e como ela funciona em um ISP?

A ONU (Optical Network Unit) é um dispositivo essencial em uma rede de fibra óptica que desempenha um papel crucial na entrega de serviços de internet e comunicação. 

Neste artigo, exploraremos em detalhes o que é uma ONU, como se dá seu funcionamento, além de quais são as diferenças entre esse dispositivo com a ONT e algumas boas práticas de mercado para que o seu provedor tenha o máximo de desempenho da rede. Continue a leitura e não perca nenhum detalhe.

O que é uma ONU?

Trata-se de um dispositivo que faz parte da arquitetura de uma rede de fibra óptica e fica localizado no final da linha de acesso da rede, sendo responsável por conectar os assinantes à rede de fibra óptica. 

Além disso, é a ONU que instalada na residência ou empresa do assinante e permite a conexão de dispositivos como computadores, telefones e televisões à rede de fibra óptica.

Como funciona uma ONU em uma rede de fibra óptica?

A ONU atua como um ponto de terminação na rede de fibra óptica. Desse modo, ela recebe o sinal óptico transmitido pela OLT (Optical Line Terminal) e o converte em um sinal elétrico que pode ser usado pelos dispositivos conectados pelo assinante. 

Vale dizer que ela realiza também funções como modulação, demodulação e controle de acesso para garantir uma transmissão de dados eficiente e confiável.

Qual é a diferença entre ONU e ONT?

Embora os termos ONU e ONT sejam frequentemente usados indistintamente, eles se referem a dispositivos ligeiramente diferentes.

A ONU é responsável por converter o sinal óptico em um sinal elétrico e oferecer conectividade para dispositivos do assinante. Por outro lado, a ONT (Optical Network Terminal) é uma unidade mais avançada que pode fornecer serviços adicionais, como telefonia, televisão e acesso à internet de alta velocidade.

Vantagens e desvantagens da ONU X ONT

Além das diferenças conceituais entre esses dois tipos de dispositivos, vale dizer que a escolha de um ou de outro dependerá muito da necessidade do cliente. Mas para facilitar um mais a seleção de um ou de outro, ou até mesmo de ambos para o uso em seu provedor conheça alguns prós e contras de cada uma das tecnologias, confira:

Vantagens da ONU

  • Conectividade de alta velocidade: a ONU permite uma conexão rápida e confiável à rede de fibra óptica, oferecendo aos assinantes acesso à internet de alta velocidade e outros serviços;
  • Baixa latência: a tecnologia de fibra óptica utilizada por esse aparelho proporciona baixa latência, o que é ideal para aplicações sensíveis ao tempo, como videochamadas e jogos online;
  • Largura de banda escalável: algo interessante é que esse equipamento pode suportar uma ampla faixa de largura de banda, o que permite que as empresas de serviços de internet ajustem à capacidade da rede segundo a demanda dos assinantes;
  • Confiabilidade: a fibra óptica utilizada nesse dispositivo é menos suscetível a interferências eletromagnéticas, tornando a conexão mais confiável em comparação com outros meios de transmissão.

Desvantagens da ONU

  • Custo inicial: a instalação de uma rede de fibra óptica e de uma ONU pode exigir um investimento inicial significativo para as empresas de serviços de internet;
  • Disponibilidade limitada: a infraestrutura de fibra óptica pode não estar amplamente disponível em todas as regiões, o que limita a acessibilidade da ONU para alguns assinantes.

Vantagens da ONT

  • Serviços adicionais: a ONT pode oferecer serviços adicionais, como telefonia e televisão, além de acesso à internet de alta velocidade;
  • Gerenciamento avançado: a ONT possui recursos avançados de gerenciamento e controle, permitindo que as empresas de serviços de internet monitorem e controlem os dispositivos conectados remotamente.

Desvantagens da ONT

  • Complexidade: a ONT pode ser mais complexa em termos de instalação e configuração, o que pode exigir conhecimentos técnicos especializados;
  • Custos adicionais: devido às funcionalidades extras que oferece, a ONT pode ser mais cara em comparação com uma ONU básica.

Como a ONU se encaixa na arquitetura geral da rede?

A ONU desempenha um papel fundamental na arquitetura geral da rede de fibra óptica. Ela se conecta diretamente à OLT, que é responsável por gerenciar e controlar várias ONUs na rede. 

Já a OLT envia sinais ópticos para a ONU, que converte esses sinais em sinais elétricos utilizados pelos dispositivos do assinante. Ademais, a ONU Fibra também pode se comunicar com outras ONTs na rede, permitindo a troca de dados entre os assinantes.

As especificações técnicas das ONUs podem variar dependendo do fabricante e do modelo específico. Desse modo, podem incluir fatores como taxa de transferência de dados, protocolos de rede suportados (como Ethernet, GPON, EPON), número de portas Ethernet, alcance máximo do sinal óptico, capacidade de gerenciamento remoto e compatibilidade com outros dispositivos e protocolos de rede.

Logo, é importante avaliar cuidadosamente as especificações técnicas das ONUs ao adquirir um dispositivo, considerando as necessidades e os requisitos da sua rede específica.

Melhores práticas para utilizar a ONU e ter um melhor desempenho da rede

Como todo e qualquer dispositivo que pode trazer diversos benefícios para uma operação de provimento de internet tem que haver cuidados, já que um mau manuseio da tecnologia não é sentido apenas pela companhia com a queda de indicadores técnicos, mas também na percepção de qualidade pelo consumidor.

Sendo assim, separamos algumas boas práticas de mercado que seu ISP pode tanto adotar quanto evoluir ao utilizar uma ONU:

  • Planejamento adequado: Antes de implantar uma unidade de rede óptica, é essencial realizar um planejamento adequado que considere a capacidade da rede, às necessidades dos assinantes e a infraestrutura existente;
  • Configuração correta: Certifique-se de configurar o dispositivo corretamente, ajustando as configurações de rede, segurança e qualidade de serviço conforme os requisitos específicos da sua rede;
  • Monitoramento contínuo: Realize um monitoramento regular da ONU para identificar possíveis problemas, como perda de sinal ou baixo desempenho, e tomar as medidas corretivas adequadas;
  • Atualizações de firmware: Mantenha o firmware do equipamento atualizado para garantir que você esteja se beneficiando das melhorias de desempenho e segurança mais recentes;
  • Treinamento da equipe: Forneça treinamento adequado para a equipe responsável pela instalação, configuração e manutenção das ONUs, para garantir um uso eficiente e otimizado dos dispositivos.

Conclusão

Realmente, podemos notar que a ONU desempenha um papel vital na operação de um ISP, ainda mais em tempos como nossos que demandam cada vez mais conectividade aliado a uma alta qualidade. Logo, conhecer um pouco mais sobre a tecnologia e aplicar no dia a dia as boas práticas, sem dúvidas, o seu provedor poderá maximizar o desempenho da rede e oferecer uma experiência superior aos concorrentes aos seus clientes.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.