Rede Neutra para ISPs: oportunidades e desafios de negócios

O avanço da tecnologia tem gerado mudanças significativas no mercado, uma delas é a expansão do conceito de economia compartilhada. Nesse sentido, no setor de telecomunicações essa tendência emergente também ganha espaço. Isso porque, novas tecnologias como 5G tem colocado a utilização da rede neutra para ISPs como resposta para a evolução dos negócios.

Nesse artigo, você entende os desafios na utilização dessa infraestrutura compartilhada e também as oportunidades que ela traz para os ISPs.

Porque a Rede Neutra é um passo importante para os ISPs?

O aumento da busca por conectividade e a falta de infraestrutura nacional são fatores que tem confirmado a importância da rede neutra no futuro das ISPs.

A aceleração da transformação digital provocada pela pandemia de COVID-19 exige avanços também na oferta de conectividade. Nesse sentido, os recursos de infraestrutura ganham destaque na competição por espaço de mercado e também na entrega de uma melhor experiência ao usuário. 

Por outro lado, esses recursos de infraestrutura individuais exigem investimento e tempo, dois fatores que podem impedir o progresso do mercado de telecomunicações. Dessa forma, a rede neutra se consolida como a alternativa ideal para o desenvolvimento das ISPs.

Quais os desafios na integração?

Apesar de suas diversas vantagens, a utilização da rede neutra ainda possui desafios a serem enfrentados. Entre eles, a confiança entre organizações para compartilhar a rede de terceiros, a questão da competitividade e da transferência de responsabilidade na resolução de problemas de infraestrutura advindos do atendimento ao cliente. 

A ideia de compartilhar conhecimento e recursos é crescente no mercado, mas ainda existem empresas que tendem a restringir sua abertura e o compartilhamento de informações. Essa postura, mesmo que coerente em outro momento, não tem mais sentido na estrutura atual e futura das organizações.

Isso porque, o desenvolvimento tecnológico rompe com as limitações que esse processo causa e determina através dos resultados obtidos, que a economia compartilhada e a inovação aberta são peças chave para empresas que desejam continuar competitivas no mercado. 

A competitividade tornou-se inerente à realidade da maioria dos setores. São poucas as empresas que detém monopólio sobre um produto ou serviço, dado o desenvolvimento tecnológico e as possibilidades de negócios. Nesse sentido, a questão não é mais sobre novos concorrentes, mas como se destacar em meio a eles. Por isso, a rede neutra se encaixa como aliada na evolução da entrega aos usuários e não como ameaça de abertura para novos concorrentes. 

Por fim, depender de técnicos e materiais de terceiros, à primeira vista, parece um grande obstáculo para a aceitação da rede neutra. Porém, a integração de sistemas através de API é uma das soluções apresentadas por empresas que oferecem redes neutras para outros provedores. 

Isso porque, os APIs são tecnologias que permitem de maneira rápida e fácil a integração de sistemas, plataformas e informações. Desse modo, tem papel importante no desenvolvimento das relações entre organizações e na otimização da rede neutra para uso compartilhado.

Quais as oportunidades da Rede Neutra para ISPs?

As dimensões continentais do Brasil são ao mesmo tempo um desafio e uma oportunidade para ISPs. Isso porque, existem muitos lugares e regiões em que o acesso à conectividade ainda é restrito, principalmente pela falta de capacidade de ampliação de infraestruturas individuais. Dessa forma, a rede neutra para ISPs, possibilita a potencialização do alcance e ampliar seu mercado em regiões com pouca competitividade. 

Outra oportunidade que a rede neutra para ISPs tem é a gestão financeira sob demanda. Nesse sentido, ao contratar uma infraestrutura de terceiro, a empresa só paga pelo que é utilizado e pode aumentar ou diminuir de acordo com sua necessidade.  

Por fim, é válido destacar o aumento de controle gerencial que a utilização de rede neutra traz para o ISP. Isso porque, ao destinar a responsabilidade de infraestrutura para um parceiro estratégico, a companhia tem a possibilidade de focar seus esforços no serviço e atendimento ao cliente. Dessa forma, ganha uma oportunidade de investir em inovações e no gerenciamento do negócio com mais propriedade e tempo.

O mercado 5G e a Rede Neutra

A principal tecnologia que impulsiona a utilização da rede neutra é o 5G. Essa nova rede de internet que promete baixa latência e alta velocidade precisa de infraestrutura para se concretizar. 

O 5G irá abranger outros setores, além do mercado de telecomunicações. Sua capacidade disruptiva deve causar impactos positivos no desenvolvimento de novos produtos, serviços e experiência através da sua conexão. Entretanto, para funcionar como projetado, o 5G precisará de grandes investimentos em infraestrutura de fibras ópticas para sustentar o tráfego, pois exigirá um grande fluxo de dados em alta velocidade.

Nesse contexto, a rede neutra entra como protagonista da implementação do 5G, assim como já é em grande parte do mundo. Isso porque, ela entrega a velocidade que a implementação da nova rede de internet precisa e os recursos de infraestrutura e de alcance necessários para essa tecnologia ter efetividade no país. Por esses e outros motivos, a utilização da rede neutra tem sido o caminho mais adequado para a evolução das ISPs.

Converse com nossos especialistas e entenda também como o NG Billing pode evoluir a gestão de faturamento e otimizar custos da sua empresa através de uma plataforma robusta, escalável e customizada!

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.